Posts Tagged as storytelling

ibccapa

A importância da Educação Corporativa

Uma experiência de aprendizado é um processo que exige comprometimento e disciplina em qualquer etapa da vida. No passado, esse “ensino formal” era um ato quase exclusivo das escolas e universidades, que ofereciam aos seus alunos conhecimento básico e, posteriormente, uma ocupação. Entretanto, as rápidas mudanças causadas pela popularização da tecnologia e o avanço da internet impactaram também a nossa necessidade de aprendizado. Mesmo após formados e com anos de experiência, nunca podemos parar de adquirir conhecimento.

Agora, o ensino também faz parte do dia a dia das grandes corporações. De acordo com especialistas, a Educação Corporativa  é composta por dois tipos de gestões: a de pessoas e a do conhecimento, cujo objetivo é implementar novas estratégias ou comportamentos que levam ao crescimento de uma organização. Por isso, é preciso sensibilidade e coerência para combinar competências individuais e organizacionais de maneira efetiva.

Para ajudar nessa missão, foram criadas algumas estratégias que buscam transformar oportunidades em negócios. É preciso ir além do treinamento, da palestra, é preciso envolver o participante para gerar resultados. Dentre as diversas ferramentas utilizadas, duas merecem destaque pelo seu alto grau de eficiência. São elas: o gamification e a prática do storytelling.

Quando o objetivo de uma experiência de aprendizagem envolve uma mudança de comportamento por parte dos participantes, muitos facilitadores aplicam estratégias utilizadas nos games para chegar ao resultado final. Além de estimular a prática, o gamification mobiliza os participantes de forma divertida e lúdica. Lembrando que um jogo é composto por regras, objetivos que devem ser alcançados e obstáculos que dificultem este caminho.

Já o storytelling é uma prática de Educação Corporativa que busca uma conexão direta com o colaborador, criando uma identificação entre participantes e personagens. Outra possibilidade é envolver os alunos no enredo, proporcionando um maior engajamento do público.

Seja com o uso do gamification, do storytelling ou qualquer outra ferramenta de ensino, a Educação Corporativa deve ser vista como uma estratégia e um diferencial importantíssimo dentro de uma empresa. Organizações são feitas de pessoas e são elas quem vão proprocionar o seu crescimento. Cabe à Educação Corporativa disponibilizar novas informações e ferramentas para que esses colaboradores mantenham-se sempre atualizados e, acima de tudo, valorizados no segmento em que atuam.

STORYTELLING

Storytelling em ação

Hoje, damos continuidade à nossa série de posts que mostra as principais ferramentas e tendências do momento utilizadas na prática. Depois de vermos como atitudes simples do dia a dia podem ser transformadas em tarefas divertidas com a ajuda do gamification, é hora de entender por que uma boa história pode gerar fidelização e engajamento seguindo as propostas do storytelling.

Como nós já explicamos nesse post completo, contar uma história é uma ótima maneira de se aproximar do seu público alvo, pois o enredo tende a despertar o lado emocional da audiência, gerando identificação ou servindo como inspiração para a mudança de comportamento – trazendo a ação para a vida real. A seguir, confira três exemplos de storytelling que vão te emocionar e impressionar.

Case 1: Doar é a melhor comunicação

Esse vídeo foi criado por uma operadora de celular tailandesa e já atingiu mais de 5 milhões de visualizações na internet. A história é simples, mas bem elaborada, o que causa empatia e emoção entre os telespectadores. Ao longo da narrativa, é possível perceber as diferentes etapas do storytelling: início (apresentação dos personagens, tema e conflito), meio (problema) e fim (moral da história).

Case 2: Happy hour desastroso

O vídeo a seguir alerta sobre o sempre discutido perigo de misturar álcool e direção. Mas, em vez de apostar na forma clássica que estamos acostumados a ver na televisão, os criadores tiveram uma ótima sacada e acrescentaram a tecnologia como diferencial da história. E o resultado ficou ótimo!

Case 3: Vida adolescente na tela do computador

Também de olho na nossa rotina on-line, dois estudantes de cinema canadenses criaram o filme “Noah”, um curta-metragem de 17 minutos que revela o cotidiano multitask de um adolescente. A trama toda acontece na tela do computador do garoto, enquanto ele usa o bate-papo com os amigos no Facebook, fala com a namorada no Skype e acessa inúmeras páginas online – tudo ao mesmo tempo. Quem aqui não se identifica?

Conhece mais algum exemplo legal de storytelling? Então divide com a gente aqui nos comentários ou escreva parasg@sgconsult.com.br.

Fontes: Portal Administradores, Nós Geeks e Info.

2º Sarau SG

2º Sarau SG inova ao combinar literatura de cordel ao storytelling

No dia 3 de setembro a SG Soluções e Gestão Empresarial reuniu mais de 50 amigos no Auditório da Livraria Martins Fontes, localizado na Avenida Paulista, para mais uma noite de aprendizagem imensurável. Com foco no tema “Diagnóstico de necessidades de treinamento x Avaliação de resultados”, profissionais da área de T&D compartilharam dúvidas, trocaram experiências e sugeriram soluções para esse assunto tão relevante – e o melhor: tudo fluiu de maneira natural e espontânea. “O Sarau está adquirindo vida própria. Nós apenas preparamos o ambiente e a conversa acontece, quase de maneira mágica! O nosso sonho de criar um ambiente propício para a troca e a aprendizagem se materializou.”, comemora Flora Alves, sócia-fundadora da SG.

E foi pelas histórias de Marco Haurélio, natural da Bahia, e João Gomes de Sá, natural de Alagoas, que a magia começou a acontecer. A dupla de cordelistas enriqueceu a noite ao compartilhar conhecimento sobre esse gênero literário tão brasileiro. Com um toque de modernidade e alinhados à prática do storytelling, Marcos e João apresentaram a história de “Dona Hilda e Daniela”, duas personagens que podem ser facilmente reconhecidas nas rotinas de trabalho da área de treinamento e desenvolvimento de pessoas.

A partir daí, o público mostrou-se ainda mais engajado e, acima de tudo, inspirado para a discussão do tema proposto. Dúvidas relacionadas às opções metodológicas foram constantemente levantadas pelos participantes, que buscavam identificar o método mais eficaz para o diagnóstico de necessidades de treinamento. Além disso, a influência de questões culturais e a necessidade de estabelecer parcerias para o sucesso de um programa de aprendizado também foram alguns dos assuntos abordados pela audiência.

A lição que ficou desse ambiente de compartilhamento de ideias é que não há como desenvolver um treinamento de sucesso sem antes especificar qual é o resultado almejado após sua aplicação. E para isso acontecer é necessário um comprometimento de responsabilidades entre o profissional de T&D, a organização e a liderança da área treinada. “O tema foi tão rico que merecia muitos outros encontros”, declarou Flora.

Para concluir a noite de sucesso, vinhos e queijos deixaram o bate-papo ainda mais gostoso. Assim, além de discutir importantes tendências da área de treinamento e desenvolvimento, o Sarau SG é também uma ótima oportunidade para rever antigos amigos, fazer novos e colocar a conversa em dia. Afinal, é nesse ambiente descontraído que surgem ótimas ideias para os melhores encontros… então, que venha o 3º Sarau!

Sarau SG

Storytelling

De olho na ferramenta: Storytelling

Hoje chegamos ao último post da série “De Olho na Ferramenta”. Ao longo das últimas semanas, você pode entender mais sobre algumas ferramentas que são tendência na área de treinamento e desenvolvimento de pessoas. Começamos com o Business Model Generation (Canvas), seguimos com uma explanação sobre Gamification e, agora, a SG Soluções e Gestão Empresarial explica os principais pontos do Storytelling.

Como o próprio nome da ferramenta já sugere, estamos falando sobre a arte de contar uma história como forma de repassar e compartilhar conhecimentos. O resultado é efetivo, pois histórias são envolventes, prendem a atenção do público, despertam o lado emocional, além de servirem como exemplo e inspiração. É uma maneira de aproximar empresas e pessoas, sejam elas seus clientes ou seus colaboradores.

Na área de treinamento e desenvolvimento de pessoas, o Storytelling busca uma “conexão” instantânea com o funcionário. É importante que o enredo apresentado cause identificação entre personagem e pessoas. Isso permite ao colaborador engajamento, trazendo a ação para a vida real. Em um cenário de transformação, por exemplo, uma organização pode criar uma ação baseada na história de um “herói” a fim de perpetuar novas posturas e atitudes.

Mas por que essa é uma ferramenta tão efetiva? O segredo está no fato de que uma informação é facilmente assimilada quando é estruturada de maneira coerente. Ou seja, com começo, meio e fim. De acordo com especialistas no assunto, uma história bem contada deve seguir a seguinte estrutura:

1. Apresentar um evento extraordinário: representa uma quebra de rotina, um cenário que implicará em mudanças.

2. Ter um protagonista: é o personagem principal da história. Deve ser carismático, gerar identificação e causar inspiração entre os colaboradores.

3. Ter um antagonista: pode ser um vilão (pessoa) ou qualquer outro obstáculo que possa aparecer no caminho do protagonista.

4. Apresentar situações de conflito: nada mais é do que o embate entre protagonista e antagonista. É o que gera tensão e desperta a atenção do público.

5.  Narrar uma história coerente: é importante apresentar os fatos cronologicamente, de modo que faça sentindo para as outras pessoas.

Entretanto, estrutura não é tudo. Em um ambiente de treinamento e desenvolvimento de pessoas é muito importante “saber contar uma história” para garantir resultados efetivos. Nesse caso, um narrador é essencial, pois caberá a ele conduzir o público espectador do início ao fim. Esse é o papel da SG Soluções e Gestão Empresarial na hora de colocar tal ferramenta em prática. Além de envelopar toda uma “estratégia”, nós sabemos como apresentar tais informações de maneira eficiente, que futuramente serão convertidas em resultado.

Em ambientes de trabalho cada vez mais permeados pelas redes sociais e composto por profissionais de diferentes gerações, o Storytelling mostra-se como uma ferramenta de comunicação extremamente efetiva. Afinal, contar, compartilhar e criar histórias faz parte da vida de todos.