Blog (page 3)

Fique por dentro

ASTD2013-v21

Master Trainer e ASTD 2013: excelência internacional em treinamento e desenvolvimento de profissionais

Atuar no ramo de consultoria e gestão de pessoas exige aprendizado e renovação constante dos conhecimentos. Novas ideias e metodologias surgem regularmente, no mundo todo! E para saber quais são as melhores tendências e práticas lançadas recentemente a SG voou para Dallas (EUA), no mês de maio. Representada pela nossa sócia fundadora, Flora B. Alves, concluímos mais uma importante etapa em busca da nossa certificação em Master Trainer e, também, participamos pelo terceiro ano consecutivo da ASTD 2013 – International Conference & Exposition – ambos os eventos foram oferecidos pela ASTD.

Além de estarmos alinhados com todas as novidades, precisamos descobrir como usar na prática essas ferramentas, garantindo os melhores resultados no mercado. Daí a importância da nossa presença em tais programas de aprendizado. No curso de certificação para o Master Trainer, a SG Soluções e Gestão Empresarial foi uma das únicas representantes brasileiras, mostrando mais uma vez nosso diferencial e excelência de trabalho. A certificação abrange as melhores técnicas para a área de treinamento, com uma experiência de aprendizado fundada em teorias e focada na prática e aplicação dos métodos.

A aprovação de um profissional no Master Trainer exige muito trabalho e estudo. O programa é divido em três partes: orientação online, que envolve uma bateria de exercícios e feed-back com o orientador; 4 dias de curso face-to-face, com prova de avaliação e elaboração de uma apresentação que será profundamente analisada; a última fase envolve a escolha de uma matéria eletiva realizada online. Trata-se de um curso extremamente complexo e único. A SG já foi aprovada em todas as provas e fases de avaliação, adicionando essa importantíssima certificação internacional ao seu currículo.

Para potencializar ainda mais esse aprendizado, também garantimos nossa presença no ASTD 2013 International Conference & Exposition, que acontece entre os dias 19 e 22 de maio, logo após o Master Trainer. A conferência tem foco em “conteúdo”, “comunidade” e “perspectivas global”, com workshops que apresentam novas ferramentas e recursos capazes de impulsionar ainda mais nossa empresa e a de nossos clientes.

O ambiente da ASTD 2013 também é um ótimo lugar para aprender e compartilhar experiências. Entre uma palestra e outra é possível conhecer gente como a gente, que têm a cabeça cheia de ideias e desafios para serem superados todos os dias. Temos muito orgulho de fazer parte desse evento de sucesso, reunindo ainda mais expertise e experiência para repassar com muita qualidade aos nossos parceiros.

Quer saber mais novidades sobre o Master Trainer e o ASTD International Conference and Exposition? Então fique de olho no nosso blog e também na nossa fan page, Flora B. Alves voltará com a mala repleta de notícias quentes para dividir com você!

Nosso Desenvolvimento

Summit_2

SG no Business Design Summit

Quem acompanha a fan page da SG Soluções e Gestão Empresarial já sabe que estivemos presente no The Business Design Summit, um workshop que apresentou as mais novas ferramentas disponíveis para gestão de negócios. Durante os dias 19 e 20 de abril, Flora Alves (sócia fundadora da SG) aprendeu na prática como aplicar e desenvolver estratégias que auxiliam e melhoram a execução de determinados trabalhos. Essa foi a primeira edição do evento, que aconteceu na cidade de Berlim e contou com a condução de Alex Osterwalder e Lisa Kay Solomon – importantes especialistas da área. Além deles, outros 11 pesquisadores contribuíram apresentando diferentes ferramentas de negócios.

Na visão do público, inovação e experimentação foram as principais palavras do evento. Mais do que compartilhar um novo método, os participantes foram estimulados a co-criarem, aperfeiçoando as estratégias apresentadas de acordo com sua própria experiência e percepção de mercado. Seguindo uma dinâmica inteligente de apresentação, as ferramentas foram desmembradas em quatro partes principais: teoria, funções da ferramenta, experiência e resultados (estudo de caso ou entrevista com quem já adota determinada metodologia). Tal abordagem permitiu que os presentes interagissem e colaborassem com insights e outras observações pertinentes, promovendo debantes estimulantes e produtivos.

O primeiro Business Design Summit foi um verdadeiro sucesso! Os organizadores tiveram o cuidado de selecionar ferramentas de negócios que realmente podem fazer a diferença no ambiente corporativo, apresentadas por profissionais experientes e capazes de identificar o real cenário do nosso mercado de atuação. A conversa não ficou restrita apenas aos pontos positivos de cada estratégia desenvolvida, tudo foi questionado. As dificuldades e limitações de cada ferramenta também foram levantadas, o que tornou o workshop em um aprendizado real e extremamente enriquecedor. Com preparação e espaço impecável, o evento deixou o público participante com um gostinho de “quero mais” e cheio de expectativas para a sua segunda edição.

As ferramentas apresentadas nos dois dias de workshop já estão disponíveis no mercado. E a SG está pronta para colocá-las em prática, de acordo com as principais necessidades da sua empresa. Fale com a nossa equipe!

Nosso Desenvolvimento

sg_carregando

SG: 10 anos de sucesso e muito mais por vir!

Nesse ano de 2013 a SG Soluções e Gestão Empresarial completa 10 anos no mercado. Parece que foi ontem quando tudo começou, com uma ideia na cabeça e MUITA vontade de trabalhar. Hoje, ao olharmos para trás, vemos quantas coisas importantes conquistamos ao longo desse caminho: um nome de força no mercado, uma equipe de sucesso, clientes de primeira linha e muitos amigos queridos. Óbvio que uma data tão importante como essa merece uma supercelebração! E a SG decidiu comemorar esse aniversário fazendo o que mais sabe: inovando, evoluindo e melhorando cada vez mais.

Muitas mudanças estão por vir nos próximos meses e algumas delas já começaram a acontecer. Primeiramente, mudamos a nossa identidade visual. Trouxemos uma abordagem simples, porém moderna; que gera identificação, mas ao mesmo tempo é única. Ou seja, algo que refletisse a cara e o espírito da SG. Depois, tivemos a reformulação da nossa fanpage no Facebook. Estamos mais ativos e conectados do que nunca, de olho em tudo o que está rolando no universo corporativo e a postos para dividir cada detalhe com você. A página também é o lugar certo para saber as últimas novidades da SG: workshops, palestras, novas ferramentas de trabalho… tudo está lá. Queremos que você curta, comente e compartilhe com a gente! E em breve teremos o nosso novo site, com navegação fácil e atualização periódica, vale a pena conferir mais essa novidade e visitar o site semanalmente.

A busca por inovação é o que nos motiva e está no DNA da SG. No mundo de hoje, onde tudo acontece e se espalha rapidamente, mudanças são sempre necessárias. E nós sabemos fazer isso da melhor forma, sempre buscando conhecimento, oferecendo as melhores ferramentas e apresentando resultados consistentes aos nossos clientes. Entre tantas transformações, existe algo que nunca muda na SG Soluções e Gestão Empresarial: a nossa vontade de trabalhar, fazer a diferença e conquistar muito mais. Que venham mais 10, 20, 30 anos de SG – e que você conte sempre com a gente!

DSC02638

As novas gerações e o desafio da cooperação para a formação de equipes de alta performance.

Estimulados a buscar resultados desafiadores e desenvolver competências propulsoras de carreiras de sucesso, as novas gerações chegam ao mundo corporativo trazendo expectativas compatíveis com as exigências a que são submetidas.

Habituados ao uso da tecnologia e ao aprendizado informal, conectados e auto confiantes podem optar pela busca de outra oportunidade caso não percebam o que a organização onde estão lhes ofereça um futuro promissor.

É neste contexto que as organizações mais cobiçadas começam cedo a engajar ao invés de simplesmente integrar. Engajar significa tornar-se atraente, mostrando aos que chegam os motivos pelos quais vale a pena ficar.

A percepção de um ambiente cooperativo e focado no desenvolvimento baseado em valores  é essencial para a geração do “Orgulho de Pertencer”. A coerência deve permear todas as ações e níveis hierárquicos das organizações, tornando necessários sistemas de acompanhamento e avaliação de desempenho nos quais o feedback deve ser uma constante, permitindo assim que os novos colaboradores saibam o que é esperado deles e como agir

para que alcancem seus objetivos.

A cooperação deve ser estimulada desde cedo, e é por meio de jogos e atividades que podem ser incluídas nos programas de desenvolvimento que o aprendizado acontece. Tais atividades promovem não só o ganho quanto ao aprendizado desejado mas também facilitam a interação entre diferentes gerações que passam a vivenciar situações nas quais cada um contribui com o seu melhor, possibilitando a troca, a convivência e o alcance de resultados consistentes e sustentáveis.

A inclusão dessas atividades pode acontecer no programa de integração e também nos programas internos de estágio e Trainees. Recomenda-se que na fase de integração o conjunto de valores da organização seja apresentado por meio de jogos ou mapas de aprendizagem que são eficazes e também muito mais divertidos.

Se o foco são as novas gerações, não se esqueça de incluir uma alternativa “Mobile”, claro acompanhada de uma boa parceria na área de TI caso não tenha como desenvolver os aplicativos internamente.

Ser um profissional bem sucedido e destacar-se não significa competição a qualquer custo. Por meio de processos cooperativos o ganho final é sempre maior que a soma dos resultados individuais e é este resultado que caracteriza equipes de alta performance.

bmg

Um mundo onde inovação é o foco

De acordo com ASTD’s State of the Industry Report, empresas de alta performance são mais propensas a incluir inovação como competência do que empresas de baixa performance, e quando o fazem são ainda mais propensas a aplicar essas competências a todos os colaboradores (58,3% VS 49,9%).

Já a probabilidade de sucesso de um produto aumenta de 54% para 75% quando este apresenta alguma inovação. O retorno total dos acionistas sobe 12,4% e as margens associadas a esses produtos saltam de 21% para 49%.

Como resultado, a inovação deve se tornar uma prática diária na rotina de todos. Muitos de nós não se consideram inovadores, entendemos inovação como criatividade. Entretanto, inovação compreende agregar valor a produtos ou serviços que serão disponibilizados para clientes e para a sociedade.

Tornar-se inovador e cumprir os objetivos diários é um desafio, pode ser mais simples com o auxílio de ferramentas que nos municiem de informações para análises e tomada de decisão.

É aqui que o “Business Model Generation” desenvolvido por meio de um processo de análise do conjunto organizacional e impacto de cada fator nos ajuda a tomar decisões assertivas, aumentando a percepção de valor de produtos e serviços. O complexo torna-se simples e podemos estimar receitas e custos além de ampliar nossa visão quanto à revisão de processos e parcerias.

Com a utilização de uma prática de Designsimples e colaborativa, incorporamos perguntas chave ao processo, que nos auxiliam no caminho da inovação. Temos utilizado esta ferramenta com sucesso, auxiliando clientes a inovarem, avaliarem a viabilidade de negócios e construírem um Business Plan detalhado para o alcance dos resultados esperados.

O processo ocorre de forma interativa, considerando todas as variáveis envolvidas e propiciando o delineamento de novos rumos.

world_cafe

World Café – Conversas Significativas e Estratégicas

Quando falamos em “World Café” muita gente pode ser perguntar, o que é isto? o que significa isto?.

Pois bem, resolvemos escrever sobre este tema ou melhor sobre esta ferramenta.

Resposta: É uma nova e eficiente maneira de você ter conversas significativas em sua empresa ou seu grupo de relacionamento em torno de questões importantes ou relevantes, onde permite nos aproximar uns dos outros e compartilhar idéias.

O processo é bem simples:

  • crie um ambiente descontraído, como o clima do local do cafezinho de sua empresa;
  • escolha um anfitrião para o grupo, ele será responsável por colocar em pauta os assuntos ou temas a serem discutidos pelo grupo;
  • separe o grupo em pequenos subgrupos e defina um pessoa em cada subgrupo para ser o responsável pelas anotações e contribuições que o grupo encontrou;
  • este responsável fica na “mesa” e os demais do grupo transitam pelas outras mesas em determinado tempo;
  • a cada tema discutido é feita a “colheita” das contribuições, onde o anfitrião da reunião registra todas as contribuições de todas as mesas;
  • no término de todos os temas ou no final de cada um tema, o anfitrião classifica as contribuições apresentadas por ordem de execução (facilidade, custo, simplicidade e o resultado com foco no tema). Esta classificação será com base na votação das pessoas do grupo.

Ai vocês perguntam, ok, mas que serve esta ferramenta?

O World café proporciona.

  • Sabedoria coletiva;
  • Trabalho em conjunto/equipe;
  • Soluções criativas;
  • Engajamento do grupo;
  • Respeito a diversidade;
  • Inteligência coletiva;
  • Conversas animadas;
  • Construção coletiva;

Os resultados são surpreendentes, se você quiser saber mais sobre “World Café” ligue para nós ou venha tomar um café conosco, teremos o maior prazer em recebe-lo e conversar sobre este e outros produtos da SG.

Brown hair woman with headphones jogging

O esporte no dia – a – dia

Como meu primeiro post no blog, quis falar sobre algo cotidiano, mas que podemos usar no nosso dia – a – dia e porque não falar de esporte?
Dia desses fui ao parque Ibirapuera com a equipe da SG, e notei o quanto podemos levar do nosso momento de lazer para o nosso trabalho.
É muito interessante que no parque existem pessoas de todos os estilos, pessoas andando de bicicleta, patins, skate, passeando com o cachorro, andando, se exercitando. E é incrível como naquele espaço as pessoas se respeitam, estão em harmonia e sintonia, mesmo com tantas diferenças. No nosso ambiente de trabalho, também existem pessoas de todos os estilos e o respeito deve prevalecer sempre, devemos manter o ambiente em harmonia, como se estivéssemos no parque dividindo a ciclovia com todas essas pessoas.
Cada um no parque tem o seu ritmo, uns passam por você como o The Flash do desenho animado, outras devagar, apreciando a paisagem e elas continuam se respeitando. No nosso trabalho, na nossa casa, na escola em todos os lugares cada um tem seu ritmo e nem sempre conseguimos perceber e respeitar o ritmo do outro.
A prática do esporte, além de trazer benefícios para o nosso corpo, nos faz refletir exercícios que devemos treinar no dia a dia. Por exemplo, andando de patins, bicicleta, skate, se você não se concentrar, a qualquer vacilo pode cair e durante o trabalho não é diferente, temos que nos concentrar nas tarefas que estamos executando, para não errarmos.
No esporte é necessário ter dedicação, treinamento, motivação, empenho. Opa, mas essas são palavras usadas diariamente na nossa empresa, na escola, em casa.
Vamos transformar o nosso dia – a – dia em um passeio no parque, tendo mais paciência, compreensão com o próximo. Respeitando todos sem olhar o nível hierárquico, mantendo o ambiente em harmonia e lembrando que aquele espaço é de todos e todos estão em busca do mesmo objetivo que você, trazer resultados para a empresa. Como uma equipe de futebol em busca de um título, uma equipe de ginástica em busca de uma medalha e assim por diante.
Aqui fica o convite da SG para que você venha andar de bicicleta, patins, skate, caminhar ou correr com a gente, será um prazer!

Daniela Soto

Business interview

Estamos procurando você para trabalhar na SG

A SG procura jovens talentos (de qualquer geração) para integrar sua equipe.

Se você quer transformar empresas que acreditam, como nós, que aquele futuro brilhante já chegou e acontece agora, esta é a oportunidade que você esperava.

Estamos em busca de pessoas que não gostem de rotina, que sintam prazer em viajar, conhecer pessoas e olhar “olho no olho”.

Que sejam auto gerenciáveis por se reconhecerem como protagonistas de sua própria história, tendo sempre certeza que este roteiro não tem fronteiras.

Queremos aqueles que, como nós conhecem a importância de cada detalhe para a harmonia do conjunto, e por isso mesmo executam o que for necessário para garantir sempre melhor espetáculo uma vez que o sucesso do cliente é o nosso show.

Buscamos você, que não sabe o que é um obstáculo. Não por ignorar o que significa, mas sim por acreditar que será capaz de ultrapassar um a um todos os que aparecerem em seu caminho.

Queremos ainda, você que é curioso, que aprende com suas próprias experiências e disponibiliza sem medo o que acabou de aprender mesmo sabendo que experimenta esta situação pela primeira vez.

É competência essencial saber reconhecer o cheiro da chuva, mas sobretudo saber fazer chover quando sente que a terra seca, com a garganta empoeirada, anseia pelo bálsamo da água fresca.

Queremos guerreiros que não tenham medo de errar pois sabem aprender com os próprios erros e compartilham este aprendizado para acelerar o desenvolvimento do outro.

Esperamos que você não apenas faça bem feito, mas faça sempre o seu melhor a cada vez.

Desejamos que a música o emocione, que o filme o faça suspirar e que um sorriso seja capaz de levar você às lágrimas.

Que você seja inquieto, inconformado e conectado, mas que também aprecie o doce prazer de simplesmente “não fazer nada” enquanto sente o calor do sol em sua pele.

Completam o perfil:

  • O desejo de não querer ficar muitos anos na mesma empresa, a menos que esta empresa venha a ser sua também.
  • conhecimentos básicos de construção civil, para que você possa construir as pontes que serão necessárias quando se deparar com um abismo.

Se você conseguiu se ver enquanto lia este texto, escreva para a nós, contando pra gente o que fez você se reconhecer aqui e porque deseja trabalhar na SG.

sg@sgconsult.com.br

Post_27_Abril1

Pausa para o “café com carinho”.

Há alguns meses, conversando com um cliente muito querido, ele nos disse que define nossa empresa como uma “Boutique de RH”. Confesso que gostei muito, fiquei lisonjeada mas também muito reflexiva. Seria essa uma boa definição? Será que esta nossa missão está refletida nessa percepção.

O tempo passou, o grande envolvimento com entregas diversificadas me deixaram um pouco afastada do blog entre outras coisas, e ontem em reunião com outra cliente para a entrega de mais um trabalho meu coração estava cheio de alegria e satisfação por termos finalizado mais um projeto que, embora aborde o mesmo foco de tantos outros trabalhos, mais uma vez foi único.

Senti que nosso projeto foi realmente “alta costura”, cada detalhe pensado com muito carinho para facilitar a vida de quem estará na linha de frente, no dia-a-dia, todos os dias. Neste momento “minha ficha caiu”, e me lembrei daquela primeira conversa que mencionei acima, onde fomos definidos como “Boutique de RH”. Ele tinha razão, foi como me senti.

Felicidade ainda maior, foi ver você Érica Diani, e você Andréia Teles em franco desenvolvimento, envolvidas, motivadas e fortes para abraçar mais e mais desafios.

Amo a cada dia mais o meu trabalho, tenho prazer, me divirto, construo.  Mais uma vez concordei com Mario Sergio Cortella quando ele afirma que a ideia de trabalho como castigo precisa ser substituída pelo conceito de realizar uma obra.

Parabéns Érica e Andréia, vocês estão construindo uma bela obra!

A emoção que senti mobilizou minha vontade para “fazer mais tempo”, retomar os posts e fazer nos próximos dias alguns resumos de tantas coisas que aconteceram neste período.

Afinal, a contagem regressiva para ASTD 2012 já começou. E muitas novidades estão por vir.

Abraços e… até breve!

Flora Alves

Flora_Iñigo_Wei

Liderança e as palavras que a definem/Leadership and some definition words

Este post foi escrito em Português e Inglês para ampliar nosso horizonte.

This post was written in Portuguese and English to broaden horizons.

Português/Portuguese

É interessante o que esta acontecendo atualmente. Apesar de toda tecnologia que temos disponível para executar nosso trabalho, aprender e atingir nossas metas, não importa onde você esteja ou com quem você esteja conversando, sentimentos e sensações estarão no centro da discussão. Eu estava no meu caminho de volta a São Paulo após ter participado do fórum de lideres em Campos do Jordão enquanto pensava na lista das palavras mais pronunciadas durante o evento. Dê uma olhada na lista abaixo:

  • Paixão
  • Confiança
  • Crenças
  • Valores
  • Princípios
  • Amor e assim sucessivamente.

Vale a pena salientar que estamos falando do ano de 2011!

Algumas pessoas dizem que a tecnologia nos afasta do convívio mas se você faz parte deste grupo eu o convido a experimentar outro ponto de vista.  Eu realmente acredito que você verá que basta colocar seus sentimentos para trabalhar junto com a tecnologia para que você se aproxime de tudo e de todos.

Obrigada e tenha um dia adorável!

Flora Benedita Alves

Inglês/English

It is interesting what’s going in currently. Despite all the technology that we have available to work, learn and achieve our goals no matter where you are and whom are you talking to, feelings and sensations will be at the center of the discussion.

I was on my way back to Sao Paulo after attending to a leadership forum at Campos do Jordão and made an inventory of the most pronounced words there at the event. Take a look at list below:

  • Passion;
  • Trust;
  • Believe;
  • Values;
  • Principles;
  • Love and so on.

It is worth to point out that we are talking about 2011!

Some people say that technology bring us apart but if you are in this group I invite you to try another point of view. I really believe that you’ll see that it just takes you putting your feelings to work with the technology to bring everything and everyone closer to you.

Thank you and have a lovely day!

Flora Alves

Marcos_Pontes_Flora

Marcos Pontes no Fórum de Liderança

Terminou na sexta-feira (01/Julho) o Fórum de Liderança promovido pela ABTD em Campos do Jordão. Este foi um evento que vai ficar na lembrança pela escolha dos palestrantes e qualidade de cada palestra, pela atenção aos detalhes e pela riqueza da troca.

Este foi um daqueles eventos onde de forma quase mágica as pessoas reunidas vão não se conhecendo, elas vão além. A troca foi uma constante e terminamos com “gostinho de quero mais”.

A palestra que antecedeu ao encerramento foi ministrada por Marcos Pontes, o único astronauta brasileiro que me surpreendeu demais. Não só pela história de vida e pela garra, determinação e força, mas também pelo conteúdo e estrutura de sua palestra.

Um trabalho muito bem elaborado, uma pessoa simples, objetiva e carismática. Sua palestra foi uma daquelas que quando termina a gente diz: Ah! Com certeza contaremos com este novo parceiro em nossa jornada. Impossível terminar a palestra e não comprar vários de seus livros para presentear pessoas queridas com um exemplar autografado e com “muito orgulho de ser brasileiro”.

No término da palestra conversei com o Marcos que gentilmente permitiu que eu compartilhasse as notas que fiz com os novos amigos e representantes da ASTD, e cujo resumo eu coloco abaixo para compartilhar com você.

“MARCOS PONTES – IT IS POSSIBLE HOW TO MAKE YOUR DREAM COME TRUE”

    • I’ve being invited to lectures under the subject
      • Team building
      • Leadership
      • This one is my favorite because it is a history
    • He thanks and congratulates for the iniciative
    • Get the dusty off the dreams
      • Video: SESI- The school where he studied a girl said … if he studied here and went to the space, I can go too!
      • E video actualy shows the school with the tools and rooms. It’s a documentary with children’s depoiment
    • Origin’s proud It is Important to talk about our origin
      • Do not identify yourself based on other’s opinions
      • Remember who you are
      • The need as a “propulsion force”
      • My father worked cleaning a place
    • Your limit is your expectation
      • The dream of being a pilot
      • The urge to help at home
      • Stablish goals and a good plan
      • And… Never allow anybody to define your dreams’ limit
      • Apparently he would never be able to go to space. He worked as an electrician man, the other workers would make fun of him and tell him to come back to the ground.
    • Te power of the words
      • Our own profecy
      • Never let anybody tell you what to do. Not even me. If you want something go for it.
      • Do not destroy your own dreams
      • Protect your dream
        • He tells about the time he would arrive home after his friends had made fun off him and his mom would support him with a few important words:
          • Study
          • Persist
          • Work
          • Do more then people expect from you
    • The tells about the training phase during the difficult moments
      • We tend to give up from our dreams
      • When we are in the midle of the way it seams that it is not as good as it was supposed to be
      • Academy values
        • Courage
        • Loyalty
        • Honor
        • Duty
        • Country – land
        • Being a pilot is not just a job it is about attitude and values
    • Preparation
      • The Academy
      • Attitude, patience, determination
      • Talent? 20%
      • Keep focused on your success vision
    • Change: get out of comfort zone
      • He went to college again – he enter ITA to study and become an engineer
    • Opportunities? we must take them
      • He went to the US and started flying
    • Work
      • The importance of team – family
        • Getting the involvement of the family is crucial
        • He tells about children adaptation
        • Everything went well and he decide to stay to take a doctor degree
          • His brother sees an add at His hometown newspaper and he fills the form
          • While he waited for the results the anxiety made him fear about being turned out
      • Master indication
    • The selective process steps
      • Te AEB Course
      • The old dream
      • Application process
      • Medical exam
      • NASA Interview
      • Mail law
    • He tells about the process and things his father used to say
      • Be yourself no matter who are you talking to
      • No matter who are you, it’l l always have people that like and dislike you
      • When you talk with your heart sooner or later people will hear you the same way
    • Integrity and homeland
      • Selective process result
      • Garcias’ message
      • Cuntry’s mission
      • Sacrifices
      • Press conference
    • LIFE: You have an event, and must make a decision. Right after you’ll  take the responsibility for your choice
    • One more step: More preparation
      • BUt what if I fail?
      • Fail on the simulator. That’s what they’re for. Have the humilli
      • He tells about his son’s cancer and shows a touching video
    • Missions objectives
      • Destination: international space station
    • The power of overcoming and resilience
      • The straightness in inside you
      • Russia’s training
      • Different then expected? Get adapted
      • Difficult? Tough? Of course! This is success!
      • Fear…
    • Brazilian experiments
      • He mentions that our experiments were very recognized there
    • Mission accomplished
      • Reentering
      • Recovering
      • After flight health
        • Bones density loss
          • Nothing disqualifies him for flying, he can be called any moment
        • Allergies
        • Ears hemorrhage
        • Hormones problem
        • Cardivascular problems among others
    • He’s got an extensive list of lectures based on his engineering expertise and experiences and a book named “accomplished mission”
    • Tweeter: @astro_pontes
    • THE POWER OF CONFIDENCE: TOGETHER WE CAN
      • While waiting for launching after the procedures you have 3 minutes and you fell fear… But there was an energy in the air that we could almost take it in our hands. We didn’t know if anyone was seeing us but we could feel
        • It takes 9 minutes to get the orbit… It is wonderful. What do you feel when you look to the earth? First thing I thought was my mom telling me “if you study you can go anywhere” the earth has the color of my mom’s eyes!
          • You feel so small when you look at the earth… And then you look at the universe and the earth is even smaller and the. You realize that wars and disagreement does not matter. Nothing is Important but people. We are all made of the same material. If we disappear the universe won’t be the same because we are part of the universe.
            • He started writing and taking pictures there because he wanted to leave something for his children.
              • He finishes talking about talent and attitude
Guilhermo_Santiago

Um “passeio” pela programação de hoje em Campos do Jordão

A tarde de hoje começou com uma apresentação da Diretora de Relações Internacionais Wei Wang que nos trouxe a “Palavra da ASTD”. Palestra extremamente agradável, objetiva e produtiva. Wei Wang falou sobre o quanto está feliz com a oportunidade de aprender conosco além de mostrar com muito bom humor e profissionalismo informações importantes sobre nós, brasileiros.

Surpreendente o quanto o Treinamento e Desenvolvimento está bem em nosso país. Se ainda temos um grande caminho a percorrer para que a educação em nosso país seja uma prioridade, por outro já percorremos um também longo caminho na educação dentro das organizações. No final deste post você confere o resumo da “Palavra ASTD”.

Em seguida um painel de discussão sobre liderança foi conduzido por Alfredo Pires de Castro. Participaram do painel:

Wei Wang (Director of International Relations – ASTD);

Marcos Baumgartner;

Iñigo Sanchez Cabezudo;

Artur Asnis e Tatiane além de vários participantes do fórum que trouxeram questões pertinentes para a discussão.

Em clima de bate papo saímos para o Coffee Break onde tive o prazer de reencontrar um grande e querido amigo, além de consultor competente e músico brilhante: Guilhermo Santiago que irá fechar nosso encontro com “chave de ouro” tornando esta ocasião ainda mais especial. Obrigada Gui! Estou muito feliz por reencontrar você e sobretudo por vê-lo tão bem.

Assim é  o fórum: Local para encontros, trocas, reencontros, descobertas e aprendizados.

A última palestra foi ministrada por Susy Fleury que trouxe uma discussão sobre “Liderança de Resultados” sempre com energia e garra de quem traz na alma a paixão do esporte e das analogias por ele proporcionadas.

No encerramento de nossa noite teremos um fondue de confraternização onde teremos a oportunidade de trocar um pouco mais e desfrutar o clima de Campos do Jordão, sempre especial. Aliás local propício para lembrar das queridas amigas da Simbolicah (Val e Simone)  com quem tive o prazer de dividir mais de uma vez este cenário. Beijo no coração meninas! Estou com saudade.

Abaixo, o resumo prometido. Uma ótima noite a todos!

  • PALAVRA DA ASTD WEI WANG Director of International Relations ASTD
    • She is glad to learn about our country and practices
    • It is better to travel 100O miles then to read 100.000 books
      • She show us photos that she took
      • Coffee is smaller but stronger
      • Motorcyclerider in the streets
      • The most Interesting is the people
    • She found out that training and development is so well developed here
    • Learning end development is growing fast, she show ASTD figures
      • 5000 people attended the general session
      • Brazilgroup is the. Ore energetic group in the conference
      • She speaks about partnership
        • ABTD
        • SENAC
        • Mot
          • The first member of ASTD From another country
      • Leadership is a very Important issue
        • 15% of the trining content is lated to ledership development
        • InUS about 2.8 billion is spent on executive development
    • They made a research about the measurement of the programs results
      • Level 1: 71%
      • Level 2: 63%
      • Level 3: 68%
      • Level 4: 57%
      • Level 5: very few
        • These organizations show a substantial advantage
    • The average of hours of training p year is around 40 hours and surprinsingly we have a company here spending 100 hours a year
    • Just 69% of the companies reported that they had idea of how they would evaluate the program before becoming
      • It is very Important to have a framework in order to unify expectations
    • Evaluation techniques
      • Have your organization participated in this activity in the past 10 years?
      • It is essential to initiate despite of the barriers
      • Evaluation is not easy
      • Fctors that help to drive effectiveness
        • Leadership support/buy in
        • The excessive numb of uncontrollable variables
        • Lack of organization desire to demonstrate the results
      • How to built leadership support
        • The evaluation turned from something nice to know for something must to know
    • Measuring the impact of Leadership Development Programs
Osires_Silva

O Resgate da capacidade humana de sonhar

Reunidos em Campos do Jordão líderes de todos os segmentos aprendem uns com os outros. O que pode combinar mais com este cenário que a reflexão sobre nossa capacidade de sonhar, acreditar e fazer acontecer?

Surpreendentemente para alguns, estas são talvez algumas das palavras mais pronunciadas nestes últimos dois dias. Ozires Silva como sempre nos privilegiou com suas palavras, que resumo abaixo para que possamos nos inspirar com esta personalidade que defino como “um bravo brasileiro”. Peço desculpas pela estética importada do mind map original sem correção.

  • Dr Ozires Silva
     

    • It is a pleasure to talk for an audience connected to education
    • It took 1500 years to dooble knowledge for the first time. Today it take less than two years
    • With the event of globalization our competitors are not abroad anymore they are next-door
    • The world is Submerse on the knowledge society
       

      • In for ation
      • Commercial transitions
      • A good educations has became crucial
      • Win and help others o win
      • Education is everybody’s responsibility
      • Facilitate Professional growing
      • Help others to understand the moment
      • Competition and cooperation must work together
         

        • Competition is there but we need to walk in this direction
        • Try another paths everyday
        • Make friends and be other’s friends
        • Improve your ability of convincing people creating active teams
    • To create new technology we need teams. TO build teams we need friends
       

      • I had special friends my whole life whose contributions took me here
    • Leaders and entrepreneurs
       

      • Are the ones capable of creating a dream, they make it happen
         

        • Other day my wife gave me chowder bubble gum and I thought…. Someone there was able to dream about this
    • Trust and confidence
       

      • Brazilians ha e a difficult to believe in ourselves We have a lack of proud
      • Sometimes unfortunately we don’t take ourselves very seriously. It looks like we lost our ability to reivindicate
      • Take it easy when it comes to criticizing people, we should entatize the good points more often
         

        • We find easy to criticize and difficult to compliment
           

          • He makes fun of himself due to technical problems. And keep going, “his energy is amazing” (my comment)
    • Magic words connected by passio
       

      • Educatin
      • Technology
      • Innovation
      • Entrepreneurship
      • Leadership
    • Embraer idea
       

      • An example that occurred no mather how difficult it seamed in the beginning
         

        • The start up was founded on a competence bssed on educational process
        • Everything started as a dream “coronel casimiro Montenegro Filho” dreamed of an air force capable of criating an u iversity named ITA. He can be considered the real creator of EMBRAER
           

          • Before being capable of building airplanes we must be capable of building engineers
          • We began with a project for a small amount of passengers
          • The first flight: 10/octuber/1968
             

            • The airplane was built with primary tools and was called Bandeirantes, and a lady told us: it had to be so ugly? But she did not know how it was built.
            • The struggle to built it, to make it happen.
               

              • A lot of products can’t make from the project to the construction
              • We tried to get a company to fabricate our airplanes and sell our airline worldwide
              • We wondered
              • Find a private company to build it?
              • Rase founds to create a company?
              • One morning the phone rang and someone asked me if I could have the President Artur da Costa e Silva over ((laugh) of course I say I could not …. I had the opportunity to convince him. He was not known for his intelligence but he made great questions and I the idea was convincing him to get us licence to open a governmental company. He agreed
              • We started the production of Bandeirantes and up to day we sell successfully worldwide
              • He shows the airplanes and talk briefly about each one
              • Lucky happen but it happen for the people who go and do it
              • Sometimes I look in the mirror and imagine how did I do this!
    • Worldwide crises
       

      • EMBRAER did not scape and turn out to be a private company
      • By that time we had huge problems and I was invited by the government and accepted under the condition to make the company a private company in order to grow properly
      • EMB 145 was produced by the time of the privatization and “helped to save the business”
      • Our Arplanes today are front page worldwide, showing that we have the competence and the expertise to do so
      • The future
         

        • We can’t stop but we still find resistances about what we think about our knowledge and capability
           

          • We all have answers for development All of them go through believe, passion and confidence
    • WE MUST ADD VALUE
       

      • Facts of e world
      • Entrepreneurship must be supported
      • Education and qualification is crucial
      • Dream
      • The world goes fast
         

        • We can emerge
        • USA President said: take the risk to fell the taste of victory
        • It is difficult to come back and make a new beginning but everyone can produce a new and by changing right now “Francisco Xavier”
        • Those who do not stop go so far that never will be reached. This was written in a store in his hometown and has motivated him to go after his dream.
    • WE NEED TO BELIEVE Who could imagine that Corea would be capable of producing the way they do?
       

      • THE WORLD HAS HUGE OPPORTUNITIES WE HAVE TO TAKE THEM
         

        • HE ANSWERS THE QUESTIONS BY EDUCATION AND TELLS THAT HE TOOK A PROPOSAL OF CONSTITUTION CHANGE TO THE CONGRESS. He is definitely visionary (my comment)
           

          • He talks about the economy and mention our talent blackout. There is no way out but education
          • He is questioned about his military background Against his Thought provoking behavior and he shows that discipline does not comes with blindness (he is brilliant – my comment)

Dr Ozires Silva

Palestra-Tejon-

A tecnologia a nosso favor

A velocidade das mudanças é no mínimo estonteante, mas como bem disse Tejon em sua palestra de hoje… “há 4 acordes que não mudam” e com eles construimos todas as melodias necessárias para embalar a trilha sonora de nossa história.

Um de meus acordes é registrar tudo,  claro que sob a influência de meus próprios filtros e mapas mentais. E por falar em mapas mentais esta é a minha forma de registrar minhas anotações para que eu possa resgatar os “melhores momentos” e os grandes “insights”.

O que vocês podem ver na imagem acima é um exemplo de como utilizar a tecnologia a nosso favor mesmo quando estamos envolvidos com um dos “acordes que não mudam”.  Aprendi com o passar do tempo que não basta investir em tecnologia. É preciso que sejamos capazes de utilizá-la para aquilo que foi concebida, ou seja, se uma ferramenta existe para nos ajudar e permitir que nosso foco seja voltado para nossa missão… que assim seja!

Fica aqui o meu agradecimento ao Tejon pela linda palestra de hoje e, mais que isso, minha admiração por mais uma vez tê-lo assistido e ter ficado coma sensação de que era uma primeira vez.

Parabéns Tejon, pelo belíssimo trabalho e pelo “banho” de valores quem sempre vem de brinde em suas palestras.

Um grande e carinhoso abraço a todos e… até amanhã!

Osires-Silva-e-SG

SG Participa de Fórum de Líderes em Campos do Jordão

Sempre de olho no futuro, a SG coloca o pé na estrada novamente e vai a Campos do Jordão participar do Fórum de Liderança promovido pela ABTD (Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento). E como falar em liderança sem buscar inspiração nos grandes líderes fazem com que tenhamos muito orgulho de nosso país.

A foto ao lado foi tirada no coquetel de boas vindas após duas palestras inspiradoras que abriram o evento no dia de hoje. Amanhã pela manhã teremos o prazer de ouvir o grande Ozires Silva e mais uma vez com certeza aprenderemos com sua energia e sua paixão.

Há alguns anos tivemos a oportunidade de convidar o Sr. Ozires para um evento que organizamos para o CIESP de São Bernardo do Campo e até hoje exibimos com muito orgulho em nossa biblioteca o livro autografado por ele com tanto carinho. Basta observarmos esta fisionomia, e a paixão traduzida em seu olhar para entendermos um pouco do significa a palavra “liderança”.

Uma noite inspiradora a todos e um grande abraço!

Thiaghi_SG

Fragmentos de Aprendizagem

“Intenso”. Penso que está é a melhor forma de definir o ano de 2011. E junto com a intensidade nasce uma necessidade cada vez maior de não só buscarmos a informação mas sobretudo aproveitarmos cada fragmento de aprendizagem ao qual somos expostos. Claro que filtrar é essencial mas colocar em prática aquilo que filtramos é crucial.

Dentro deste raciocínio em minha primeira semana em São Paulo após tantas novidades e informações, tenho dedicado tempo revendo, organizando, filtrando e lendo, lendo muito, para que possamos cada vez mais dar conta do desafio de fazer acontecer, colocando em prática o aprendizado.

Começo hoje a postar pequenos fragmentos de aprendizagem dessa jornada acreditando que“conhecimento é a única coisa que quanto mais se compartilha, mais se tem”.

No domingo, 22 de maio, tive a oportunidade de assistir a uma palestra de Tracy Tagliati e Thiagi Sivasailam Thiagarajan. Ele, um indiano apaixonado por metodologias e jogos que tornem o aprendizado mais eficaz e divertido e ela uma profissional do grupo e designer instrucional.

O tema abordado foi o modelo de “quatro portas” ou “Four doors model” para e-learning. Creio que a maioria de nós já se fez em algum momento a pergunta: “O que há de errado com o típico design do e-learning convencional sob o ponto de vista dos participantes e também do designer? Fato é que em geral ao sermos convidados a participar de um e-learning a primeira sensação pode ser de aborrecimento.

Por isso é necessário que novas abordagens sejam desenvolvidas. Entre as tantas abordagens eles sugerem a utilização de 4 portas para a colocação do conteúdo. Cada uma das portas nos levaria a um ambiente e nós, escolheremos cada uma delas durante a condução de nosso aprendizado.

No trabalho apresentado, o conteúdo estaria distribuído nas seguintes portas: Livraria, Playgroung, Café e “Assessment Center”. O nome de cada uma delas já é bastante intuitivo e fica fácil imaginar qual delas cada um de nós gostaria de abrir.

Conceitualmente a livraria seria a porta responsável pelo conteúdo do módulo, com itens específico como objetivos, um guia do treinamento, materiais de referência, artigos, cases etc. Já o playground, bem mais atrativo abriga jogos que promovam a maior fluência no aprendizado. Há cuidados que temos que tomar como pensar nos jogos que devem ser evitados no playground.

O café é a porta que deve estimular a discussão utilizando para tal as questões abertas mas também respostas de colegas, comentários etc. Fica reservado para a porta do “Assessment Center” a avaliação do aprendizado. Agora a forma de avaliação dependerá do objetivo do módulo e outras variáveis.

Lembre-se… tenha em mente o que a dupla de experts chama de “SIX SECRETS”:

1. Deixe os reclusos “gerirem” o asilo;

2. Não desenvolva conteúdo, desenvolva atividades;

3. Não reinvente a roda;

4. Abra mentes com perguntas abertas;

5. Misture tudo;

6. Construa aviões enquanto os pilota.

Espero que tenham curtido! Um ótimo feriado.

Build-a-Bear

Visita técnica – Orlando “Build a Bear”

A ASTD terminou mas a SG não parou. Após o término da conferência e a visita aos bastidores da Disney a SG se reuniu a um grupo para visitar a “Build a Bear”. Esta é uma loja que está presente no mundo todo e que iniciará operações no Brasil em breve no Shopping Eldorado.

Fomos gentilmente recebidos pela Gerente Regional que com brilho nos olhos nos contou sobre a historia da Build a Bear e sobre o negócio.

Esta é uma loja onde você não compra simplesmente um urso, você vive a experiência de dar vida a um urso. Desde a pele até o peso e a roupa do seu novo amigo será escolhida por você. Mas a experiência não para por ai. O novo companheiro vai ganhar um coração, e entrará em contato com várias partes do seu corpo para que os sentimentos que você tem se conectem com ele.

Imagine agora, como é o processo letivo de um “Bear builder” ou grosseiramente falando, qual seria o perfil que você buscaria ao recrutar profissionais para esta função? Onde você o faria?

Como seria o processo seletivo? Lembre-se, este profissional vai construir uma história junto com uma criança, vai dar vida a um novo amigo, que terá certidão de nascimento e nome. Bem, pense agora como seria o processo seletivo.

Eu tive a oportunidade de presenciar a experiência de nascimento de um urso e confesso que fiquei impressionada.

Agora, conhecendo os bastidores vou a uma loja amanhã para viver a experiência de construir um amigo especial para levar comigo.

Agora estou envolvida com o livro que conta como se chegou até aqui para que eu possa aprender ainda mais com este sucesso.

Bastidores-Disney

Visita aos Bastidores da Disney

Na última quinta feira em Orlando a SG foi fazer uma visita aos bastidores da Disney.

Tive a oportunidade de ver uma das facilidades em funcionamento. Visitamos a lavanderia que atende todo o complexo, incluindo parques e hoteis.

São 200.000 metros quadrados de automatização que garantem que a experiência dos hospedes seja completa e com todo o conforto que ele necessita.

As informações desta facilidade foi de extremo valor pois muitos dos exemplos de adversidades superadas pela Disney para a eficácia deste serviço, são aplicáveis nos nossos negócios.

Outras informações valiosas também foram compartilhadas com relação as competencias relacionadas a liderança e também processos que permitem que a liderança atue com foco em seus objetivos.

No período da tarde fizemos outra visita técnica que será assunto de nosso próximo post.

Estou agora a caminho de New York onde buscaremos outras práticas que se apliquem aos nossos negócios.

Um grande abraço e até breve!

Delegação-Brasileira

Delegação Brasileira é a terceira maior

Hoje é o último dia de conferências na ASTD 2011, e por isso mesmo a correria imensa!

As delegações começam a se preparar para voltar, e com o fim do evento vem a apuração. O Brasil foi o terceiro colocado em número de participantes na ASTD 2011.

Não ha maior sinal de mudanca para o nosso país que um número como esse, que demonstra que embora nossas dimensões geográficas e demográficas sejam muito grandes, começamos a acreditar mais na educação continuada, na importância da troca de experiências e boas práticas.

Os temas de ontem foram excelentes, a tecnologia, o M-learning, a busca por mensurar os resultados de nosso trabalho e muito mais.

Fiquem atentos, publicarei resumos das palestras ou resenhas para que vocês tenham uma visão geral do que aconteceu por aqui.

Assisti a duas apresentações de Japoneses e vou detalhar tudo para vocês nos próximos dias.

Ontem a “celebration” terminou às 23:00 e foi fantástico voar com Harry Potter!

Vou assistir agora a conferência de encerramento e volto a noite com mais notícias!

Um grande abraco!

Flora

Cartão-SG

Ser brasileiro hoje!

Hoje pela manhã a caminho do Orange County Convention Center conversei com pessoas dos 4 cantos do mundo (literalmente) e não pude evitar as reflexões sobre o cscimento de nosso país.

Temos ainda muito a fazer é fato, mas hoje já somos mais de cem brasileiros aqui. Brasileiros que de alguma forma estão em busca de melhores práticas que possam fazer de nós um pais mais preparado, com valores mais consolidados.

A colaboracão está no ar. Não pude deixar de pensar nos queridos amigos daí, com quem já vivencio essas experiências nesta jornada ao receber o cartão de uma consultora de Denve cujo foco é o denvolvimento colaborativo.

O dia está lindo hoje, o sol maravilhoso e o ambiente é o mais propicio possivel!
A conferencia vai começar! Curtam a foto que vou postar para vocês do Hall onde fica a sala onde estamos agora e….. Have a nice day!

Flora

Kirkpatrick

Um dia de emoção para os profissionais de Recursos Humanos

Hoje foi um dia emocionante para todos nós que compartilhamos os desafios de mensurar a eficácia dos treinamentos aplicados. A manhã iniciou com uma linda abertura onde Kirkpatrick foi homenageado ao vivo. Este é o ano em que ele se despede de suas apresentações e amanhã será sua última palestra.

A SG estava lá e confesso que foi uma grande emoção pois assisti a homenagem ao lado dele e de sua familia. Amanhã irei assistir a sua última apresentação pública onde ele falará sobre os 4 niveis de avaliação e a eficácia dos treinamentos. Esta será uma continuação da palestra ministrada por seu filho ontem.

Em seguida Marcus Buckingham ministrou uma palestra magna cujo tema foi “O poder da colaboração”. Mais uma vez estamos felizes pois o trabalho que temos desenvolvido sobre feedback está super alinhado com a abordagem apresentada. Desta palestra veio mais um livro autografado para nossa biblioteca!

No perido da tarde seguimos a trilha da tecnologia e fomos conhecer uma pesquisa que foi feita sobre a utilização das mídias sociais para obtenção de aprendizado. Foi ótimo! Logo na sequencia ainda na mesma trilha assisti a dois integrantes da empresa de Covey que falaram sobre o Mobile Learning sob o tema “the learning explosion”. Abordagem fantástica e trabalho muito bem conduzido.

Encerrei o dia assistindo Jack J. Philips apresentar os principais desafios para o estudo do ROI. Desafiador, mas possível! Claro que que vem aí mais um livro autografado.

Ufa! Depos de tudo isso só mesmo o encontro da delegação brasileira toda vestida de verde e amarelo para a foto oficial.

Na volta, caminhamos até o hotel e não da para ignorar a limpeza e organização desta cidade.

Vale resaltar também a educação no trato com os clientes e o número de voluntários envolvidos na organização do evento.

Bem, nos encontramos amanhã para contar as novidades.

Um grande abraço a todos!
Flora

Ken-Blanchard_SG

Veja o resumo da palestra de Ken Blanchard que terminou agora!

BLANCHARD
What is our strategy (key succes factors) What should we focus on right nos (our goals)
Don’t wait the storm to be over, learn to dance in the rain!
What permits you to flow is the guidelines As a river.
Our picture of the future is that some day somewhere will be doing something influenced by a leader
Mission of Life
If you don’t have one how do you Take a decision
How many of you have a family mission?
Two parts of servant leadesrship
A visioinary or strategic role The leadership aspect of servant leadreship
An implementation or operatiional role/ the Servante aspect of vant leadership
Visionary directiion
Vision is knowing who you are, whe you are, where you are going and what will guide your jorney
Who are we is the purpose
Where are we going is our picture of the future
What will guide our journey are our values
Disney e.g.: what kind of business are you in? We are in the hapiness business
The purpose is to leave the park with the same smile that they entered eight hous before
We wanna keep the smile on everybodies face
Purpose
Is your organization’s reason for existence
It answers the question “why”? Rather than just explaining what you do
What a purpose really is
It clarifies – from your customers’ viewpoint – what business you aree really in
Great organizations have a deep and noble sense of purpose – a significant purpose that inspires excitement and commitment
The words themselves are not as important as their meaning to the people
Picture of the future
A picture of the end result, something you can actuslly see, not vague
Focus on what you want to creeate, not whst you want to get rid of
Focus on the end result, not the process for getting there
Implementation pyramid: responsible top down, responsive botton top
Efective implementatn requires turning the pyramid upside down so the customer contact people are at the top of the organization and can be RESPONSIBLE- able to reespond and soar like eagles while leaders sSERVE AAnd aree responsive to the needs of e employees helping them to aco plish goqls and to live accordng to the vision and direction of the organization
Steps to make your vision a reality
Create a vision that illuminates purpose, a picture of the future, and values
Honestly assess your current situation, and be willing to live with the creative tension
Create supporting structures that are aligned with the vision
Set goals and action plans
Leadership is about going somewhere
Burocracies are creatd in companies where Tere is no clear vision
What burocracies does is to make people feel less important
The three hows For making your vision a reality
How it is created
How it is communicated
How it is lived
Values
Values provide broad guidelines on how you should proceed as you pursue your purpose and picture of the future
They answer the questions, ” what do I want to live by” and “how”
They need to be few in number and rank ordered in importance
They need to be clearly described so you know exactly the behaviors that deminstrate that the value is being lived
They need to be consistently acted on, or they are only “good intentions”
People’s personal values need to be in line with the values of the organizatiion.