Arquivo

TK15

TechKnowledge 2015: mais inovações para a SG

O ano de 2014 foi um período de muito crescimento para a SG. A conquista de novos clientes deve-se, entre outras coisas, a ampliação do portfólio de produtos da consultoria, que agregou definitivamente ao seu DNA o gene da inovação. Pensando justamente em manter a qualidade de atendimento e, também, a criatividade para o desenvolvimento de novos projetos, a SG implantou neste novo ano o esquema 3×1. Isso significa que a cada três semanas de trabalho, nossa sócia-fundadora, Flora Alves, dedicará uma semana inteira à pesquisa e desenvolvimento.

E os primeiros dias de dedicação começaram no TechKnowledge 2015, que aconteceu em Las Vegas (EUA), entre os dias 14 e 16 de janeiro. Essa foi a segunda participação da SG na conferência – a última aconteceu em 2012. Com um clima mais “intimista”, a TK15, como é conhecida popularmente, trouxe discussões sobre como a tecnologia pode ser melhor aplicada para o apoio da aprendizagem, principalmente nos processos de treinamento e desenvolvimento.

De acordo com Flora, foram muitos os pontos altos do encontro e, entre eles, podemos destacar os seguintes:

-General Session com Aaron Dignan: Como criar organizações responsivas

Autor do livro “Game Frame” e estrategista digital, o palestrante defendeu o compartilhamento das informações. É uma grande mudança, visto que há pouco tempo informação era sinônimo de poder. Mas vale lembrar que hoje o compartilhamento trabalha para a complementação/solução de um determinado problema. Afinal, se você não sabe determinada coisa, pode encontrar na rede alguém capaz de agregar ainda mais ao seu produto/criação, etc. O resultado disso? Organizações mais horizontais, com menos hierarquia e mas mais socializadas.

-General Session com Tan Lee: Trabalhar por um propósito

A vietnamita radicada na Austrália foi um verdadeiro exemplo de como é importante sair da zona de conforto para buscar soluções inovadoras. Fã declarada da série de ficção “Guerra nas Estrelas” e eterna curiosa do funcionamento cerebral, a asiática fundou uma empresa de bioinformática e criou um produto inovador que torna “possível” o chamado “poder da mente”. Seu propósito: dar oportunidade e independência a pessoas paraplégicas e tetraplégicas.

-General Session com Katie Linendoll: Socialização do conhecimento

Consultora de tecnologia e escritora, entendeu durante sua experiência na TV a necessidade de simplificar a tecnologia para o usuário. Segundo Katie, escolhas assertivas dependem do conhecimento que temos da nossa audiência. Como sabemos, no ambiente de aprendizado, tal fator é extremamente importante na conquista de resultados efetivos. Além disso, ela destacou: se você quer se conectar com alguma pessoa, é necessário ser adaptável e moldar-se a ela; faça um treinamento próprio para entender verdadeiramente o que você deseja comunicar; simplifique a mensagem; ofereça alternativas divertidas de aprendizado.

-Contato com Karl Kapp

Durante os três dias de TK15, Flora teve a oportunidade de estreitar relações com um dos maiores pesquisadores do gamification nos EUA. “Percebi que os processos de liderança gamificados que temos no Brasil não devem nada aqueles desenvolvidos no exterior. Além disso, é muito legal notar o quanto as nossas organizações estão abertas a esse tipo de solução”, conta Flora. Em contato direto, Karl tornou-se um importante parceiro da SG para a troca de experiências e cases.

-Novo produto SG

A experiência no TK15 ajudou, também, na consolidação do novo produto que a SG vai oferecer este ano, que será focado no ecossistema de aprendizagem e performance. Isso porque os ambientes de treinamento e desenvolvimento precisam ser analisados de maneira mais macro. Ou seja, valorizando a interação entre alunos, instrutores e outros componentes do processo de aprendizado, buscando a melhor forma de integrá-los para promover uma determinada atividade, com resultados de alta performance.

Já deu para perceber que tem muita coisa interessante vindo por aí, e estamos apenas encerrando o primeiro mês de 2015. Acompanhe o blog e fique por dentro de mais novidades da SG. E já anote na agenda: em março tem mais uma edição do nosso Sarau. Contamos com a sua participação!

cbtd-2014

Saiba como foi a participação da SG no CBTD 2014

No ano de 2014, o Congresso Brasileiro de Treinamento e Desenvolvimento chegou a sua 29º edição. Entre os dias 25 e 28 de novembro, diversas pessoas participaram de palestras, workshops e plenárias que discutiram o futuro da área, de acordo com o lema “Valores compartilhados, profissionais engajados”.

Como não poderia deixar de ser, a SG marcou presença nesse importante evento com um stand disputadíssimo e duas palestras que foram sucesso de público. Impulsionado pelo livro Gamification, escrito por Flora Alves, muitos presentes buscavam a consultoria para discutir e entender melhor sobre essa nova ferramenta do mercado. “Muita gente já ouviu falar, mas não sabe muito bem o que é e nem como funciona. Nossa tarefa é explicar como essa técnica pode ajudar no desenvolvimento de pessoas”, ressalta Sérgio Guerra, sócio-fundador da SG.

A palestra Competências do Instrutor Master foi ministrada por Flora Alves e Karim Khoury, no dia 26 de novembro. Cerca de 80 pessoas participaram do encontro, que discutiu a importância dessa nova formação e as crescentes mudanças no mercado de T&D. “Hoje, quando uma empresa contrata um profissional para ministrar uma palestra ou facilitar um treinamento ela quer saber, especificamente, o resultado que tal ação terá no negócio. Daí a importância de contratar um profissional altamente qualificado e com expertise em todas as etapas do processo”, ressalta Sérgio. Outro detalhe que coloca a formação de Instrutor Master em evidência foi o aumento de Universidades Corporativas em 2014 – de 11% para 19%. Isso mostra uma mudança na área de Gestão de Pessoas, que passa a tratar o treinamento como a melhor saída para o aumento da rentabilidade.

Já no dia 27 de novembro, foi a vez da Flora Alves ministrar o workshop Gamification, como criar experiências de aprendizagem engajadoras focadas em performance. Mais de 200 pessoas participaram ativamente do encontro, que durou cerca de três horas. “As pessoas que participaram do workshop entenderam que o Gamification não é a única solução para todas as demandas de treinamento, mas, com certeza, é uma ferramenta poderosa para o Design Instrucional, capaz de oferecer soluções eficazes. O importante é que muitos querem experimentar, e a mudança é sempre válida. Acreditamos que o gamification chegou para ficar”, esclarece Sérgio.

Outra ação que foi um verdadeiro sucesso no CBTD 2014 foi o sorteio da câmera fotográfica GoPro. Foram mais de 700 inscritos! Para o CBTD 2015, os trabalhos já começaram. Todos que acompanham o trabalho da SG podem aguardar uma participação cheia de surpresas e inovações. FIquem de olho e nos vemos lá!

2015

Balanço e perspectivas para 2015

O ano de 2014 passou e levou com ele dias de muito trabalho, esforço e, acima de tudo, realizações. Para a SG foi um período de muitas conquistas. O lançamento de produtos inovadores, como a Formação de Instrutor Master, colocaram a consultoria em posição de destaque na área de T&D. Além disso, o lançamento do livro Gamification – Como Criar Experiências de Aprendizagem Engajadoras. Um Guia Completo do Conceito à Prática, escrito pela nossa sócia-fundadora Flora Alves, consolidou a expertise da SG nesse assunto ainda tão novo no Brasil.

Para fazer um balanço geral de 2014 e ainda falar das principais perspectivas deste ano novinho que temos pela frente conversamos com Sérgio Guerra. Confira os principais destaques:

B: Qual foi o principal destaque da SG neste ano de 2014?
S: Foram vários destaques: o livro Gamification, de autoria da Flora, nos consolidou como uma empresa referência no assunto. Como consequência, recebemos vários convites para ministrar palestras e workshops sobre essa nova ferramenta. Também lançamos a Formação de Instutor Master, que aconteceu no segundo semestre de 2014 e ainda deverá impactar muito o mercado de T&D no Brasil. Foi um ano muito importante para nós!

B: Sabemos que o ano de 2014 foi cheio de particularidades, com Copa do Mundo, eleições e pouco avanço na economia. Como a empresa enfrentou esses obstáculos?
S: Apesar dessas peculiaridades, entregamos projetos até em dia de jogo do Brasil! Acredito que esse bom momento é um reflexo de muitos anos de trabalho, dedicação e comprometimento com nossos clientes. Diante de uma demanda, nosso empenho é total para apresentar a melhor solução possível. O mercado reconheceu esse empenho e nos respondeu com muitas propostas de trabalho. Foi um ano de crescimento, aumentamos nossa equipe interna e externa, assim como nosso faturamento. Mas, o que mais nos gratifica é o reconhecimento do cliente, pois trabalhamos muito para isso.

B: Quais as principais metas estabelecidas para 2015?
S: Manter a mesma base de crescimento, ou seja, garantir o desenvolvimento da nossa equipe, a qualidade dos projetos entregues, o alto grau de satisfação dos clientes, o crescimento do faturamento e o crescimento de atendimento. Além disso, vamos focar em determinados segmentos empresariais.

B: Já existem algumas ações programadas para esse começo de ano?
S: Com certeza! Iniciamos com a TK 15 em Las Vegas, que é um congresso de tecnologia voltado para o desenvolvimento de pessoas, promovido pela ATD. Em maio temos o congresso anual da ATD, em Orlando. Também teremos mais duas turmas de Instrutor Master, que acontecerão na ABTD. Sem falar nos projetos e clientes em prospecção. Temos certeza que vem muita coisa boa por aí, pois a nossa área de Pesquisa e Desenvolvimento trará ainda mais novidades!

B: Em relação a produtos, teremos novidades em 2015?
S: Somos uma empresa que visa a inovação de seus produtos. Tendo isso como foco, temos uma nova formação em andamento, que em 2015 se transformará em um produto inovador e desruptivo para o mercado.

B: Para finalizar, algum agradecimento especial pelo ano que se encerrou?
S: Agradecemos a todos os clientes, parceiros e equipe. O ano de 2014 foi muito especial, o resultado de tudo o que plantamos para garantir a solidificação desses três pilares. E, claro, agradecemos a Deus, por nos proporcionar saúde, equilíbrio e força para seguirmos firmes em nosso trabalho.