Arquivo

Bastidores-Disney

Visita aos Bastidores da Disney

Na última quinta feira em Orlando a SG foi fazer uma visita aos bastidores da Disney.

Tive a oportunidade de ver uma das facilidades em funcionamento. Visitamos a lavanderia que atende todo o complexo, incluindo parques e hoteis.

São 200.000 metros quadrados de automatização que garantem que a experiência dos hospedes seja completa e com todo o conforto que ele necessita.

As informações desta facilidade foi de extremo valor pois muitos dos exemplos de adversidades superadas pela Disney para a eficácia deste serviço, são aplicáveis nos nossos negócios.

Outras informações valiosas também foram compartilhadas com relação as competencias relacionadas a liderança e também processos que permitem que a liderança atue com foco em seus objetivos.

No período da tarde fizemos outra visita técnica que será assunto de nosso próximo post.

Estou agora a caminho de New York onde buscaremos outras práticas que se apliquem aos nossos negócios.

Um grande abraço e até breve!

Delegação-Brasileira

Delegação Brasileira é a terceira maior

Hoje é o último dia de conferências na ASTD 2011, e por isso mesmo a correria imensa!

As delegações começam a se preparar para voltar, e com o fim do evento vem a apuração. O Brasil foi o terceiro colocado em número de participantes na ASTD 2011.

Não ha maior sinal de mudanca para o nosso país que um número como esse, que demonstra que embora nossas dimensões geográficas e demográficas sejam muito grandes, começamos a acreditar mais na educação continuada, na importância da troca de experiências e boas práticas.

Os temas de ontem foram excelentes, a tecnologia, o M-learning, a busca por mensurar os resultados de nosso trabalho e muito mais.

Fiquem atentos, publicarei resumos das palestras ou resenhas para que vocês tenham uma visão geral do que aconteceu por aqui.

Assisti a duas apresentações de Japoneses e vou detalhar tudo para vocês nos próximos dias.

Ontem a “celebration” terminou às 23:00 e foi fantástico voar com Harry Potter!

Vou assistir agora a conferência de encerramento e volto a noite com mais notícias!

Um grande abraco!

Flora

Cartão-SG

Ser brasileiro hoje!

Hoje pela manhã a caminho do Orange County Convention Center conversei com pessoas dos 4 cantos do mundo (literalmente) e não pude evitar as reflexões sobre o cscimento de nosso país.

Temos ainda muito a fazer é fato, mas hoje já somos mais de cem brasileiros aqui. Brasileiros que de alguma forma estão em busca de melhores práticas que possam fazer de nós um pais mais preparado, com valores mais consolidados.

A colaboracão está no ar. Não pude deixar de pensar nos queridos amigos daí, com quem já vivencio essas experiências nesta jornada ao receber o cartão de uma consultora de Denve cujo foco é o denvolvimento colaborativo.

O dia está lindo hoje, o sol maravilhoso e o ambiente é o mais propicio possivel!
A conferencia vai começar! Curtam a foto que vou postar para vocês do Hall onde fica a sala onde estamos agora e….. Have a nice day!

Flora

Kirkpatrick

Um dia de emoção para os profissionais de Recursos Humanos

Hoje foi um dia emocionante para todos nós que compartilhamos os desafios de mensurar a eficácia dos treinamentos aplicados. A manhã iniciou com uma linda abertura onde Kirkpatrick foi homenageado ao vivo. Este é o ano em que ele se despede de suas apresentações e amanhã será sua última palestra.

A SG estava lá e confesso que foi uma grande emoção pois assisti a homenagem ao lado dele e de sua familia. Amanhã irei assistir a sua última apresentação pública onde ele falará sobre os 4 niveis de avaliação e a eficácia dos treinamentos. Esta será uma continuação da palestra ministrada por seu filho ontem.

Em seguida Marcus Buckingham ministrou uma palestra magna cujo tema foi “O poder da colaboração”. Mais uma vez estamos felizes pois o trabalho que temos desenvolvido sobre feedback está super alinhado com a abordagem apresentada. Desta palestra veio mais um livro autografado para nossa biblioteca!

No perido da tarde seguimos a trilha da tecnologia e fomos conhecer uma pesquisa que foi feita sobre a utilização das mídias sociais para obtenção de aprendizado. Foi ótimo! Logo na sequencia ainda na mesma trilha assisti a dois integrantes da empresa de Covey que falaram sobre o Mobile Learning sob o tema “the learning explosion”. Abordagem fantástica e trabalho muito bem conduzido.

Encerrei o dia assistindo Jack J. Philips apresentar os principais desafios para o estudo do ROI. Desafiador, mas possível! Claro que que vem aí mais um livro autografado.

Ufa! Depos de tudo isso só mesmo o encontro da delegação brasileira toda vestida de verde e amarelo para a foto oficial.

Na volta, caminhamos até o hotel e não da para ignorar a limpeza e organização desta cidade.

Vale resaltar também a educação no trato com os clientes e o número de voluntários envolvidos na organização do evento.

Bem, nos encontramos amanhã para contar as novidades.

Um grande abraço a todos!
Flora

Ken-Blanchard_SG

Veja o resumo da palestra de Ken Blanchard que terminou agora!

BLANCHARD
What is our strategy (key succes factors) What should we focus on right nos (our goals)
Don’t wait the storm to be over, learn to dance in the rain!
What permits you to flow is the guidelines As a river.
Our picture of the future is that some day somewhere will be doing something influenced by a leader
Mission of Life
If you don’t have one how do you Take a decision
How many of you have a family mission?
Two parts of servant leadesrship
A visioinary or strategic role The leadership aspect of servant leadreship
An implementation or operatiional role/ the Servante aspect of vant leadership
Visionary directiion
Vision is knowing who you are, whe you are, where you are going and what will guide your jorney
Who are we is the purpose
Where are we going is our picture of the future
What will guide our journey are our values
Disney e.g.: what kind of business are you in? We are in the hapiness business
The purpose is to leave the park with the same smile that they entered eight hous before
We wanna keep the smile on everybodies face
Purpose
Is your organization’s reason for existence
It answers the question “why”? Rather than just explaining what you do
What a purpose really is
It clarifies – from your customers’ viewpoint – what business you aree really in
Great organizations have a deep and noble sense of purpose – a significant purpose that inspires excitement and commitment
The words themselves are not as important as their meaning to the people
Picture of the future
A picture of the end result, something you can actuslly see, not vague
Focus on what you want to creeate, not whst you want to get rid of
Focus on the end result, not the process for getting there
Implementation pyramid: responsible top down, responsive botton top
Efective implementatn requires turning the pyramid upside down so the customer contact people are at the top of the organization and can be RESPONSIBLE- able to reespond and soar like eagles while leaders sSERVE AAnd aree responsive to the needs of e employees helping them to aco plish goqls and to live accordng to the vision and direction of the organization
Steps to make your vision a reality
Create a vision that illuminates purpose, a picture of the future, and values
Honestly assess your current situation, and be willing to live with the creative tension
Create supporting structures that are aligned with the vision
Set goals and action plans
Leadership is about going somewhere
Burocracies are creatd in companies where Tere is no clear vision
What burocracies does is to make people feel less important
The three hows For making your vision a reality
How it is created
How it is communicated
How it is lived
Values
Values provide broad guidelines on how you should proceed as you pursue your purpose and picture of the future
They answer the questions, ” what do I want to live by” and “how”
They need to be few in number and rank ordered in importance
They need to be clearly described so you know exactly the behaviors that deminstrate that the value is being lived
They need to be consistently acted on, or they are only “good intentions”
People’s personal values need to be in line with the values of the organizatiion.